Homeopatia: Congresso recebe iluminação verde

O Congresso Nacional terá iluminação verde, até sexta-feira (27), em alusão ao Dia Nacional da Homeopatia, comemorado em 21 de novembro. A iniciativa faz parte da “Campanha Novembro Verde: Trate-se com homeopatia”, da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB). O pedido foi aprovado pelo primeiro-secretário do Senado, senador Sérgio Petecão (PSD-AC), que entende ser essa uma ação relevante para valorizar o método terapêutico homeopático.

 

— Iluminar o Senado Federal com verde é um gesto que parece simples, porém, importante para trazer luz a esse tema. A sociedade brasileira necessita ser esclarecida sobre as opções terapêuticas existentes. Quando o Senado dá sua contribuição refletindo as cores da campanha, mostra o seu apoio — ressalta o primeiro-secretário. O edifício da Câmara dos Deputados também estará iluminado de verde.

 

Para o senador Nelsinho Trad (PSD-MS), que é médico, quanto mais opções de tratamento forem disponibilizadas aos pacientes, melhores serão os resultados.

 

— A homeopatia é amplamente utilizada no país há décadas para prevenção e recuperação, com baixíssimas reações adversas, e tem sua eficácia comprovada. Portanto, acredito que deve ter seu acesso ampliado — afirma.

 

O objetivo da campanha, segundo o médico Luiz Darcy Gonçalves Siqueira, presidente da AMHB, é valorizar e divulgar a homeopatia com o propósito de esclarecer os benefícios do método terapêutico à sociedade. A homeopatia, afirma, é a segunda terapêutica mais utilizada no mundo, e os benefícios do tratamento já foram comprovados.

 

— A homeopatia atua com abordagens que buscam estimular os mecanismos naturais de prevenção de agravos e recuperação da saúde, em que a relação médico-paciente é um dos elementos fundamentais da terapêutica. Além disso, promove a humanização e estimula a autonomia do indivíduo, na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade — afirma o médico.

 

O verde representa a homeopatia, segundo AMHB, por considerá-la a “cor do equilíbrio interno”. A homeopatia, explicou Luiz Darcy, é uma terapêutica capaz de promover esse equilíbrio por meio de medicamentos naturais.

 

Hahnemann

 

Criada pelo médico alemão Christian Friedrich Samuel Hahnemann em 1796, a homeopatia considera, no tratamento, a totalidade do ser humano, não a doença isolada. Ela atua por meio de estímulos energéticos desencadeados por medicamentos com o intuito de reequilibrar a energia vital da pessoa, sem efeitos adversos. Foi introduzida ao Brasil em 21 de novembro de 1840, trazida pelo médico francês Benoit Jules Mure, data em que aqui é comemorada.

 

No Brasil, a homeopatia é uma especialidade médica desde 1980, sendo que em 1999 o Ministério da Saúde inseriu a consulta médica homeopática na tabela SIA/SUS. E, desde 2006, faz parte da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do SUS.

 

Com informações da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB)

Destaques