Deputados se solidarizam com família de jornalista assassinado

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) apresentou Moção de Pesar, durante a sessão ontem (13), como forma de demonstrar apoio à família do jornalista brasileiro Léo Veras, que foi assassinado na noite de ontem (12) na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, a 342 km de Campo Grande.

 

O jornalista, dono de um site policial que produzia notícias da região da fronteira em português e espanhol, também trabalhava em rádio e era ativista ligado a movimentos sociais.

 

Para o deputado Coronel David (PSL), o profissional fazia um trabalho importante no combate ao crime organizado. “É uma perda para nós a morte deste profissional, que atuava denunciando a corrupção e o tráfico de drogas”, disse o deputado durante a sessão de ontem.

 

O deputado Pedro Kemp (PT) também lamentou a morte do jornalista. “Léo Veras atuava há 15 anos no combate ao narcotráfico e à narcopolítica. Exercia com coragem a sua profissão. Lamentamos e desejamos conforto aos familiares”, afirmou.

 

Cabo Almi (PT), por sua vez, também falou sobre Léo Veras. “Ponta Porã, um lugar tão bonito, e infelizmente esses crimes continuam acontecendo na fronteira. Que as pessoas deixem de perder a vida brutalmente assim, como o jornalista Léo Veras. Temos que respeitar a democracia e o direito de liberdade de expressão”, disse o parlamentar.

Destaques